Política Editorial

Política de acesso aberto

A revista BioBrasil oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento. O copyright dos artigos pertence aos respectivos autores, com cessão de direitos para a revista Biodiversidade Brasileira (BioBrasil) no que diz respeito à inclusão do material publicado (revisado por pares) em sistemas/ferramentas de indexação, agregadores ou curadores de conteúdo.

A revista Biodiversidade Brasileira tem selo Diadorim Azul/IBICT. Nessa categoria, estão as revistas que permitem que os repositórios armazenem cópia dos seus artigos, somente na versão pós-print (versão do artigo avaliada pela revista e corrigida pelo autor, que foi ou não publicada).

Licenciamento do conteúdo

Todo o conteúdo da BioBrasil, exceto quando indicado, está sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Unported License (CC BY-AS 4.0). Ao serem publicados por esta Revista, os artigos são de livre uso em ambientes educacionais, de pesquisa e não comerciais, com atribuição de autoria obrigatória.

Política de Seção

Expediente

Nas edições da BioBrasil é publicada uma lista com os nomes dos colaboradores da revista, incluindo o Conselho Editorial, os editores temáticos e os avaliadores. 

Editorial

De autoria dos editores temáticos, o texto deve oferecer ao leitor um panorama geral da edição, destacando sua relevância tanto na linha editorial da BioBrasil como na área de conservação da biodiversidade. Deve ter, preferencialmente, até duas páginas.

Declaração aos avaliadores

A revista BioBrasil emite declarações a todos os avaliadores de artigo.

Tipos de artigos aceitos pela BioBrasil

  • Artigo técnico-científicos originais em fluxo contínuo e temáticos

A revista BioBrasil aceita submissão em fluxo contínuo de artigos relacionados ao seu escopo e que demonstrem caráter inovador no enfoque e/ou na metodologia relacionados à linha editorial do periódico. Também aceita submissão de artigos que estejam em consonância com o tema específico da edição temática, conforme detalhado nas chamadas de cada edição.  

  • Artigos de revisão bibliográfica 

A revista BioBrasil aceita submissão de artigos de revisão bibliográfica, que apresentem uma visão geral e sistemática sobre determinado assunto, considerando as diferentes perspectivas teóricas e práticas a partir dos estudos clássicos e atuais. 

  • Estudos de caso

A revista BioBrasil aceita submissão de estudos de caso, com informações e descrições de casos individuais ou múltiplos de interesse do periódico.

  • Artigo de opinião 

A revista BioBrasil aceita submissão de artigos de opinião, ainda que o posicionamento não reflita, necessariamente, o do periódico.

Política e critérios de avaliação  

Os manuscritos submetidos passarão pelas seguintes etapas de avaliação: 

Etapa 1 – Desk Review (análise técnica)

Nesta etapa, é feita uma primeira avaliação do manuscrito, pelo(a)a editor(a) chefe e/ou pelo(a) editor(a) assistente, com base nos seguintes aspectos:

- adequação ao foco e a política da BioBrasil;

- observância das diretrizes para os autores, na política editorial, de ética e integridade da pesquisa, e no escopo da revista. 

- redação do manuscrito em conformidade com as normas técnicas;

- atendimento ao modelo exigido, sem partes faltando;

- verificação de plágio. Nesta primeira avaliação, verifica-se a ocorrência de plágio no manuscrito, a partir da utilização de software específico.

Feitas as análises, o manuscrito poderá ser aceito de imediato ou seguirá o processo editorial, passando para a próxima etapa: Double Blind Review (avaliação duplo cego). 

Etapa 2 – Double Blind Review (Análise do mérito científico)

A revista BioBrasil adota o sistema de avaliação por pares double blind review. São observados:

  • número mínimo de dois avaliadores;
  • caso haja controvérsia, o artigo é submetido a mais um avaliador;
  • conclusão de uma avaliação: 1a rodada (até 45 dias); 2a rodada (até 90 dias);
  • recrutamento de avaliadores: via convite (conforme sugestões do Conselho Editorial com base na Plataforma Lattes; e/ou via inscrição/cadastro e posterior validação pelo Conselho Editorial).

Condições gerais de avaliação para artigos:

  • pesquisa orientada ao objetivo da revista e suas áreas temáticas;
  • enfoque e/ou ambiente e/ou metodologia inovadora;
  • atualidade da literatura de apoio no tema definido para estudo;
  • definição e aplicação apropriada de metodologia(s);
  • análise crítica dos fatos, opiniões e procedimentos relativos à(s) abordagem(ns);
  • discussão das evidências encontradas e suas implicações;
  • validade da premissa do estudo e dos argumentos que a sustentam;
  • estrutura clara e coerente;
  • correção gramatical e ortográfica;
  • alinhamento às normas de referência e citação vigentes;
  • alinhamento às orientações de submissão (incluindo a estrutura e os procedimentos para o preenchimento completo dos metadados no sistema da revista).

Decisões possíveis após a avaliação:

  • aceitar o texto em sua versão atual sem revisões;
  • aceitar após revisões menores (novo processo de avaliação é desnecessário);
  • aceitar depois de maiores revisões (e após uma nova avaliação);
  • rejeitar, mas com o incentivo de que ele seja reenviado em outro formato; 
  • rejeitar.

Edição de texto

A revista se reserva o direito de efetuar alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical nos originais, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitado o estilo do autor.  Ressaltamos que os manuscritos deverão ser submetidos já revisados no idioma em que foram escritos.

Editoração

Após a edição de textos, o artigo seguirá para a editoração, etapa em que será diagramado de acordo com o layout da revista.  

Leitura de prova

Uma vez diagramado, o artigo será enviado para validação dos autores. A validação deve seguir o prazo estabelecido pelos editores. Serão permitidas pequenas alterações e correções. Correções substanciais não serão aceitas.

Autores e co-autores

Após a leitura de prova, nenhuma alteração será feita (exclusão, inclusão, correção de nome dos autores e co-autores.

Periodicidade

A BioBrasil tem periodicidade semestral para as edições temáticas. Também publica ao longo do ano artigos submetidos em fluxo contínuo. 

Taxas para submissão e publicação de artigos 

Não são cobradas taxas de assinatura, submissão, avaliação, edição ou publicação.

Declaração de Ética da BioBrasil

A revista Biodiversidade Brasileira está comprometida com práticas que prezam pela ética e integridade da pesquisa. Assim, exige que os autores, os editores e os avaliadores tenham o mesmo nível de comprometimento. Para tanto, pauta-se em documentos orientadores como Código de Conduta e Normas de Boas Práticas para Editores de Revistas do Comité sobre Ética na Publicação – COPE, (disponível em http://publicationethics.org/) e o CSE’s White Paper on Promoting Integrity in Scientific Journal Publications do Conselho de Editores Científicos (Council of Science Editores – CSE), disponível em http://www.councilscienceeditors.org/wp-content/uploads/entire_whitepaper.pdf.

Para garantir a clareza e transparência de todo o processo editorial, a BioBrasil estabelece os seguintes compromissos e exige o cumprimento por parte dos envolvidos:

Compromissos da Equipe Editorial

  • A equipe editorial se compromete a manter a confidencialidade a respeito do autor e de informações relacionadas aos manuscritos submetidos à revista durante todo o processo editorial. 
  • O rigor ético deve ser observado em todas as etapas do processo editorial. A equipe editorial não pode agir por interesse próprio nem tomar atitudes baseadas na subjetividade. 
  • A transparência deve acompanhar os editores ao longo do processo editorial, sendo obrigatória a observância da política da revista.
  • Qualquer tipo de conflito de interesse deve ser comunicado ao editor, tão logo seja identificado. Se o conflito de interesse estiver relacionado ao editor chefe, este deve recusar a avaliação e repassar a atividade para os editores temáticos ou a um dos membros do Conselho Editorial.
  • A base de avaliadores deverá ser atualizada constantemente, de acordo com o desempenho do avaliador.
  • Orientar os novos membros do Conselho Editorial sobre as suas funções e sobre as políticas da revista.
  • Investigar toda e qualquer suspeita de plágio nos manuscritos submetidos à BioBrasil, seguindo o fluxograma proposto pela COPE's Core Practices, disponível em https://publicationethics.org/core-practices.
  • A BioBrasil reserva o direito de rejeitar um artigo mesmo depois de aceito, se ficar aparente que há sérios problemas com seu conteúdo científico ou que as políticas de publicação foram violadas.

Compromissos dos Avaliadores

  • Manter a confidencialidade das informações relacionadas ao manuscrito atribuído para a sua avaliação e parecer.
  • Levar em conta o mérito da pesquisa e a Política Editorial do periódico ao avaliar o manuscrito.
  • Agir de maneira isenta. A avaliação e a decisão não devem ser influenciadas de forma positiva ou negativa por motivações profissionais, pessoais e/ou financeiras, raciais, de origem étnica, de orientação sexual, deficiência, crença religiosa, nacionalidade, orientação política ou classe social dos autores.
  • Informar ao editor, imediatamente, caso identifique algum indício de má conduta (plágio, falsificação de dados, por exemplo).
  • Informar ao editor quando não se sentir qualificado para avaliar um manuscrito por incompatibilidadetemática ou conflito de interesse. 
  • Apresentar pareceres objetivos e justificados, de forma a subsidiar a decisão final do editor.
  • Agir com pontualidade. Caso o avaliador não consiga avaliar o manuscrito dentro do prazo previsto, cabe a ele notificar prontamente o editor, a fim de que o processo editorial não seja prejudicado. Ao aceitar a tarefa de emitir parecer sobre um manuscrito, é de responsabilidade do avaliador cumprir com os prazos estabelecidos pela revista.

Compromissos dos Autores

  • Os autores devem estar cientes das normas e orientações da revista BioBrasil, bem como comprometer-se a segui-las.
  • Quando enviar um manuscrito para BioBrasil, o manuscrito não pode ter sido publicado ou submetido a outro periódico. O autor não pode enviar seu manuscrito para outro lugar enquanto estiver sendo considerado na BioBrasil.
  • Responsabilizar-se pela informação sobre autoria ao submeter o manuscrito. Nomes deverão ser informados no momento da submissão, no preenchimento no sistema da revista. Caso solicitado pelos editores da revista, os autores têm o compromisso de declarar os papéis e responsabilidades de cada autor.
  • Observar a coduta ética com relação às fontes de informação para assegurar a integridade da pesquisa. Os autores são responsáveis por citar todas as fontes utilizadas na sua pesquisa de forma adequada, conforme as Diretrizes para Autores e as normas da BioBrasil. O autor deve certificar-se das apropriadas citações e identificação das fontes no uso de materiais de terceiros.
  • Se o manuscrito incluir comunicações pessoais, forneça uma declaração de permissão por escrito de qualquer pessoa citada. A permissão por e-mail é aceitável.
  • BioBrasil não exige que todos os autores de um trabalho de pesquisa assinem a carta de apresentação no momento da submissão, nem impõem uma ordem na lista de autores. A submissão de um artigo a BioBrasil será entendida que todos os autores listados concordaram com todo o conteúdo. O autor correspondente é responsável por garantir que este acordo foi alcançado e por gerenciar toda a comunicação entre a publicação e todos os coautores, antes e depois da publicação.
  • Agir de forma ética e não cometer plágio. O plágio é um comportamento antiético na publicação em todas as suas formas e é inaceitável.

Conflito de Interesse 

Todos os autores são responsáveis por informar ao editor qualquer tipo de conflito de interesse potencial ou existente quando da submissão do manuscrito e/ou durante o processo editorial. O contato deverá ser feito mediante e-mail enviado para biodiversidade.brasileira@icmbio.gov.br.

Igualdade de gênero e diversidade

A revista BioBrasil repudia atitudes preconceituosas, racistas, discriminatórias de qualquer natureza ou que incitem à violência. A publicação compromete-se a buscar o equilíbrio de gênero em seu Conselho Editorial e no corpo de editores(as) temáticos(as), valorizando a  pluralidade institucional e geográfica.  

Privacidade

Os nomes e endereços informados na revista BioBrasil serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Linguagem e comunicação 

A revista Biodiversidade Brasileira preza pela linguagem cordial em todas as etapas do processo editorial. Como toda publicação científica, a revista é formada e depende da interação entre muitas pessoas com trajetórias profissionais diversas e compreensão heterogênea do mundo. O método científico é também um processo de construção coletiva de conhecimentos, alicerçado em evidências, provas e contraprovas e, por isso, as críticas são parte fundamental dessa construção. Acreditamos que há evolução na divergência e que ela pode ser feita de maneira respeitosa e construtiva. Situações excepcionais serão decididas e encaminhadas pelo Conselho Editorial da revista.  

REFERÊNCIAS 

COPE – Committee on publication ethics, 2018 [viewed April 2018]. Available form: www.publicationethics.org 

CSE – Council of Science Editors, 2018 [viewed April 2018]. Available from:https://www.councilscienceeditors.org/resource-library/editorial-policies/white-paper-on-publication-ethics/ 

Oliveto FA, Araújo EPO, Paixão C, Mendes KR. Introdução à comunicação científica. In: Oliveto FA, Araújo EPO, Paixão C, Mendes KR. Curso avaliadores de artigos científicos. Brasília: ENAP [E-book]; 2021. p. 14-20.

 

Bases de dados/indexadores

Diadorim | Diretório de Informações da Política Editorial das Revistas Científicas Brasileiras

Latindex Directorio

Portal Brasileiro de Publicações Científicas em Acesso Aberto | OASISBR

Portal de Periódicos Capes

https://www.sumarios.org