https://revistaeletronica.icmbio.gov.br/rebe/issue/feed Revista Brasileira de Espeleologia - RBEsp 2021-04-21T19:51:11-03:00 Júlio Ferreira da Costa Neto julio.costa-neto@icmbio.gov.br Open Journal Systems <div>Revista científica dedicada ao tema Espeleologia. <span style="font-size: medium; font-family: 'Times New Roman', serif;">A RBEsp objetiva publicar artigos de pesquisa, resenhas originais, cartas, mapas, ensaios e relatórios cobrindo tópicos relacionados ao patrimônio espeleológico e sua geobiodiversidade associada. A revista abrange a geologia cárstica, hidrologia, geomorfologia, espeleologia, hidrogeologia, bioespeleologia e a história da ciência espeleológica.</span></div> <div> </div> <div>Para acessar os artigos anteriores a 2020, <a href="https://revistaeletronica.icmbio.gov.br/index.php/RBEsp/issue/archive" target="_blank" rel="noopener">clique aqui</a>.</div> <p> </p> https://revistaeletronica.icmbio.gov.br/rebe/article/view/1953 Editorial RBEsp da nova Revista 2021-04-07T16:52:02-03:00 Júlio Ferreira da Costa Neto julio.costa-neto@icmbio.gov.br Thais Xavier Nunes thais.xavier@icmbio.gov.br Diego de Medeiros Bento diego.bento@icmbio.gov.br Lorene Lima da Cunha lorene.cunha.terceirizada@icmbio.gov.br <p>Editorial da Revista Brasileira de Espeleologia - RBEsp.</p> 2021-04-21T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira de Espeleologia https://revistaeletronica.icmbio.gov.br/rebe/article/view/1803 ÍNDICE GEOTÉCNICO DE CAVERNAS (IGC). NOVO SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO GEOTÉCNICA DA ESTABILIDADE ESTRUTURAL DE VÃOS EM CAVERNAS FERRÍFERAS 2020-12-09T15:37:52-03:00 Iuri Viana Brandi iuri.brandi@vale.com Marcelo Roberto Barbosa marcelo.roberto.barbosa@vale.com Airton Barata da Silva airton.barata@vale.com Juliana Timo juliana.spelayon@gmail.com <p>Este trabalho de pesquisa propõe uma nova metodologia para análise dos níveis de suscetibilidade a instabilidade estrutural das cavernas em litologias ferríferas. A metodologia proporciona a identificação de parâmetros utilizados na estimativa de riscos geotécnicos de cavidades, favorecendo a classificação dos diversos vãos que compõem as cavernas segundo um índice geotécnico de cavernas (IGC), a qual passa a representar o estado de equilíbrio dos respectivos vãos das cavernas estudadas. Como resultados, a classificação dos vãos segundo o IGC permite uma efetiva antecipação da possibilidade de impactos irreversíveis sobre as cavidades protegidas por lei. Com a aplicação deste novo índice geotécnico será possível qualificar o estado de equilíbrio das cavernas em litologias ferríferas e agir com medidas que atenuem os esforços da mineração sobre as cavidades subterrâneas naturais.</p> 2021-04-21T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Revista Brasileira de Espeleologia - RBEsp