Sobre a Revista

As áreas cársticas no Brasil representam aproximadamente 255 mil Km2. Além destas, há importantes áreas com ocorrência 
de cavernas não só em rochas carbonáticas, como também em minério de ferro, canga, rochas siliciclásticas e graníticas.
Essas áreas representam paisagens e ambientes muito particulares, além de serem consideradas como de enorme valor
econômico para determinados setores.
Além disso, nos últimos anos, essas áreas e suas cavernas têm sido o foco de diversos estudos técnicos e científicos.
A RBEsp objetiva publicar artigos de pesquisa, resenhas originais, cartas, mapas, ensaios e relatórios cobrindo tópicos
relacionados ao patrimônio espeleológico e sua geobiodiversidade associada.
A revista abrange a geologia cárstica, hidrologia, geomorfologia, espeleologia, hidrogeologia, bioespeleologia e a história
da ciência espeleológica.

Na busca de promover a difusão de pesquisas e estudos em Espeleologia e áreas afins, é com grande entusiasmo e satisfação que o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas - CECAV/ICMBio disponibiliza a Revista Brasileira de Espeleologia (RBEsp), um instrumento de comunicação pública destinado a consolidar-se como espaço de circulação de informações científicas sobre o Patrimônio Espeleológico, incluindo seus componentes físico, biológico e social.

Com o Lançamento da Revista Brasileira de Espeleologia, o CECAV cumpre a Meta 1 do Componente 5 - Divulgação sobre o Patrimônio Espeleológico, do Programa Nacional de Conservação do Patrimônio Espeleológico (Portaria MMA nº 358/09), não somente dando continuidade à implementação das ações previstas no Programa, como também atendendo às diretrizes voltadas à integração de ações setoriais.

Convidamos autores e leitores a desfrutar desse ambiente, compartilhando e conhecendo experiências que afirmam e reafirmam, cada vez mais, a Espeleologia como ciência.

Editores

Júlio Ferreira da Costa Neto, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas, Brasília, Distrito Federal, Brasil

Jocy Brandão Cruz, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas, Brasília, Distrito Federal, Brasil

Comissão de apoio editorial

Claudia Simone da Luz Alves, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas, Brasília, Distrito Federal, Brasil

Thais Xavier Nunes, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas, Brasília, Distrito Federal, Brasil

Diego de Medeiros Bento, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas, Mossoró, Rio Grade do Norte, Brasil

Julio César Rocha Costa, Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas, Nova Lima, Minas Gerais, Brasil

Comissão Científica

Augusto Sarreiro Auler, Instituto do Carste / Carste Ciência e Meio Ambiente, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Luiz Bethovem Piló, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Rodrigo Lopes Ferreira, Centro de Estudos em Biologia Subterrânea - Universidade Federal de Lavras, Lavras, Minas Gerais, Brasil

 

Periodicidade

A revista tem periodicidade semestral em suas publicações.

Normas Editoriais

1. Os textos da revista só serão publicados após o parecer do Comitê Editorial;

2. Todos os textos, artigos e notas científicas que vierem a ser aceitos devem guardar estreita relação com a temática da espeleologia; 3. Para a publicação de artigos ou notas científicas na revista, obrigatoriamente deverão ser seguidos os seguintes parâmetros:

Titulo do seu trabalho aqui

(Times New Roman, Centralizado, Tamanho 14)

Nomes do(s) autor(es), completos e por extenso

Instituição(ões)/empresa(s) a que se vincula(m) e e-mail



(Times New Roman, centralizado, tamanho 10, itálico)



RESUMO



Palavras-chave:



Titulo do seu trabalho aqui em inglês

(Times New Roman, Centralizado, Tamanho 14)





ABSTRACT



Keywords:





1 INTRODUÇÃO

(Times New Roman, ALINHADO À ESQUERDA, TAMANHO 12)



Corpo do texto digitado em Times New Roman, 12, espaçamento simples e justificado

Figura 1- Legenda (Times New Roman, normal, tamanho 10)

Tabela 1- Legenda (Times New Roman, normal, tamanho 10)

2 MATERIAIS E MÉTODOS

(Times New Roman, ALINHADO À ESQUERDA, TAMANHO 12

Corpo do texto digitado em Times New Roman, 12, espaçamento simples e justificado

3 RESULTADOS E DISCUSSÕES

(Times New Roman, ALINHADO À ESQUERDA, TAMANHO 12

Corpo do texto digitado em Times New Roman, 12, espaçamento simples e justificado

4 CONCLUSÕES

(Times New Roman, ALINHADO À ESQUERDA, TAMANHO 12



Corpo do texto digitado em Times New Roman, 12, espaçamento simples e justificado





REFERÊNCIAS

NÃO É NUMERADA

(Times New Roman, ALINHADO À ESQUERDA, TAMANHO 12)



Corpo do texto digitado em Times New Roman, 12, espaçamento simples e justificado



EXEMPLOS:

As referências bibliográficas devem ser normalizadas de acordo com a NBR 6023 da ABNT (Agosto/2002) com as adaptações descritas a seguir.

Livros:

SOBRENOME(S), NOME(s). Título em itálico: subtítulo normal. Edição. Local: Editora, ano. nº páginas.

SOUNIS, E. Bio-estatística: princípios fundamentais e metodologia estatística aplicada às ciências exatas. 2. ed. São Paulo: McGraw-Hill, 1975. 230p.

Capítulos de livro:

SOBRENOME(S), NOME(s). Título do capítulo. In: SOBRENOME(S), NOME(s). Título do livro em itálico. Local: Editora, ano. capítulo, nº páginas.

BRIAN, M. V. Comparative aspects of caste differentiation in social insects. In: WATSON, J. A. L.; OKOT-KOTBER, N. M.; NOIROT, C. H. Caste differentiation in social insects. Oxford: Pergamon Press, 1985. cap. 4, p. 210-240.

Artigos:

SOBRENOME(S), NOME(s). Título do artigo. Título do periódico em itálico, local, volume, número, páginas consultadas, ano.

  1. Até dois autores:

OLIVEIRA, F. C.; MATIAZZO, M. E. Metais pesados em latossolo tratado com lodo de esgoto e em plantas de cana-de-açúcar. Scientia Agrícola, Piracicaba, v. 58, n. 3, p. 581-593, 2001.

  1. Mais de dois autores:

NOGUEIRA, T. A. R.; SAMPAIO, R. A.; FONSECA, I. M.; FERREIRA, C. S.; SANTOS, S. E. Metais pesados e patógenos em milho e feijão caupi consorciados, adubados com lodo de esgoto. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 11, n. 3, p. 331-338, 2007.

Monografias, Dissertações e Teses:

SOBRENOME(S), NOME(s). Título em itálico. Data. Número de folhas. Categoria da Tese (Graus e área de concentração) - Nome da Faculdade, Universidade, cidade, data.

BARFFI, M. H. Utilização da amoreira (Morus alba L.), cultivar Yamada para caprinos: curva de crescimento e disgestibilidade "in vitro". 1992. 35 f. Monografia (Trabalho de Graduação em Zootecnia) - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, 1992.

MELO, V. P. Propriedades químicas e disponibilidade de metais pesados para a cultura de milho em dois latossolos que receberam adição de lodo de esgoto. 2002. 134 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, 2002.

MARQUES, M. O. Efeito da aplicação de lodo de esgoto na produtividade e qualidade da cana-de-açúcar.1990. 164 f. Tese (Doutorado em Solos e Nutrição de Plantas) - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, Piracicaba, 1990.

Trabalhos apresentados em eventos:

SOBRENOME(S), NOME(s). Título do trabalho apresentado. In: NOME DO EVENTO, numeração., ano, local de realização. Tílulo em itálico...Local de publicação: Editora, data de publicação. Paginação.

LAW, C. N.; OWRLAND, A. J. Chromosome substituitions and their use in the analysis and prediction of wheat varietal performance. In: INTERNATIONAL WHEAT GENETICS SYMPOSIUM, 4., 1974, Missouri. Proceedings... Missouri: University of Missouri, 1974. p. 41-50.

FONSECA, I. M.; PRADO, R. M.; VIDAL, A. A.; NOGUEIRA, T. A . R. Efeito da escória de siderurgia e do calcário na disponibilidade de silício no solo. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE SILÍCIO NA AGRICULTURA. 4., 2007, Botucatu. Anais... Botucatu: FCA, 2007. p. 26-29.

Fontes eletrônicas

Autor. Título do em itálico. Edição (se houver). Local de publicação (se houver): Editora (se houver), anos de publicação. Disponível em: <endereço eletrônico>. Acesso em: data do acesso.

BRASIL. CONAMA. CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE. Resolução nº 375, de 29 de agosto de 2006. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res06/res37506.pdf>. Acesso em: 5 dez. 2007.

Redação das citações dentro de parênteses

Citação com um autor: sobrenome grafado com a primeira letra maiúscula, seguido de vírgula e ano de publicação (Santos, 2008).

Citação com dois autores: sobrenomes grafados com a primeira letra maiúscula, separados pelo "e" comercial (&), seguidos de vírgula e ano de publicação (Santos & Silva, 2008).

Citação com mais de dois autores: sobrenome do primeiro autor grafado com a primeira letra maiúscula, seguido da expressão et al., em fonte normal, vírgula e ano de publicação (Santos et al., 2008).

Deve ser evitada a citação de citação, pois há risco de erro de interpretação.

Redação das citações fora de parênteses

Citações com os nomes dos autores incluídos na sentença: seguem as orientações anteriores, com os anos de publicação entre parênteses; são separadas por vírgula como segue: Santos et al. (2008), Santos & Silva (2008), Santos (2008).



Fazer uma nova submissão para a seção Artigos.