Do Mil ao Milhão: Estudo de Caso do Manejo Florestal Comunitário na Floresta Nacional do Tapajós

Autores

  • Darlison Fernades Carvalho de Andrade ICMBio
  • Carlos Richelle Braga Cooperativa Mista da Floresta Nacional do Tapajós - COOMFLONA, Santarém/PA, Brasil.
  • José Risonei Assis da Silva Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio, Floresta Nacional do Tapajós/FNT, Santarém/Pará, Brasil.
  • Angelo Ricardo Sousa Chaves M&R Consultoria e Projetos, Santarém/PA, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.37002/biobrasil.v12i5.1877

Palavras-chave:

Cooperativa , unidade de conservação, Amazônia

Resumo

Este artigo analisa a evolução operacional e o aumento da complexidade na gestão econômico-financeira de um empreendimento florestal comunitário em execução na Floresta Nacional do Tapajós (FLONA do Tapajós), no município de Belterra, Pará, Brasil. Trata-se de uma pesquisa descritiva baseada em um estudo de caso considerando o período de 2005 a 2020. Foram verificados documentos relacionados à formalização e legalização das atividades, execução dos planos operacionais vinculados ao plano de manejo florestal e à administração econômico-financeira do empreendimento, além de uma revisão sobre as políticas e normas voltadas ao manejo florestal comunitário. A cooperativa tem movimentado milhões de reais por ano, auxiliando no desenvolvimento social e na proteção da FLONA do Tapajós. As dificuldades com a execução do manejo florestal comunitário têm gerado aprendizados para os cooperados e para a gestão da unidade de conservação. Na Amazônia tem sido uma referência para outras iniciativas de manejo florestal comunitário. 

Downloads

Publicado

01/11/2022

Edição

Seção

Manejo Comunitário de Recursos Naturais em Unidades de Conservação