Implementation of Integrated Fire Management in Brazilian Federal Protected Areas

Results and Perspectives

Autores

  • Christian Niel Berlinck Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
  • Luanne Helena Agusto Lima Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

DOI:

https://doi.org/10.37002/biobrasil.v11i2.1709

Palavras-chave:

Brazilian protected areas;

Resumo

 The implementation of the integrated fire management in Brazil transformed fire management into federal protected areas, integrating ecological and socio-cultural dimensions. The results obtained in the first years of implementation are promising with a reduction in the area affected by fire and conflicts with communities, enhancing the conservation of socio-biodiversity. This article is the result of a lecture at the 7th  International Wildland Fire Conference and aims to present the Integrated Fire Management and its results in Brazil, mainly in the Cerrado and in the Amazon. We highlight three protected areas: Serra da Canastra National Park, Serra Geral do Tocantins Ecological Station and Campos Amazonicos National Park. Some protected areas in other biomes have been cited to illustrate preliminary activities. The results achieved reflect the integration between government, research and society, and served as a basis and experience for the drafting of the National Integrated Fire Management Policy.

Biografia do Autor

Christian Niel Berlinck, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998), mestrado (2003) e doutorado (2008) em Ecologia pela Universidade de Brasília. Foi estagiário e voluntário do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Tartarugas Marinhas e da Biodiversidade Marinha do Leste (TAMAR), consultor PNUD em geoprocessamento e sensoriamento remoto no Centro de Sensoriamento Remoto do Ibama (2004). Entre 2007 e 2008 foi analista ambiental da Coordenação Geral de Fiscalização Ambiental do Ibama. Em 2008 foi redistribuído para o ICMBio onde foi Chefe do Parque Nacional da Chapada Diamantina (2008 a 2010) e Coordenador de Emergências Ambientais e Prevenção e Combate a Incêndios (2010 a 2020). Em 2020 removeu-se para o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP) do ICMBio onde trabalha com Ecologia do Fogo e Conservação de Fauna. É fiscal ambiental, especialista em queimas prescritas e manejo do fogo, investigador de causa e origem de incêndios florestais, instrutor de prevenção e combate a incêndios florestais, instrutor e comandante de Sistema de Comando de Incidentes. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em educação ambiental, geoprocessamento, participação social, conservação ambiental, gestão de unidades de conservação, prevenção e combate de incêndios florestais e investigação de causa e origem de incêndios florestais.

Luanne Helena Agusto Lima, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Possui graduação em Bacharelado Em Ciências Biológicas pela Universidade de Brasília (1996), mestrado em Biotecnologia Industrial pela Faculdade de Engenharia Química de Lorena (2002) e doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular) pela Universidade de Brasília (2006). É servidora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico desde 1996. Participou como representante do CNPq no Subprograma de Biotecnologia do Programa de Apoio do Desenvolvimento Científico e Tecnológico PADCT-MCT (Fase I e Fase II) até 2005. Foi responsável pelas solicitações na área de Bioquímica (CA-BF) na Coordenação do Programa de Pesquisa em Biociência - COBIO até 2008, quando foi lotada no Parque Nacional da Chapada Diamantina - Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). De 2010, quando retornou ao CNPq, até 2015 foi responsável pelas propostas na área de Biotecnologia (CA-BI) na Coordenação do Programa de Pesquisa em Biotecnologia e Recursos Genéticos - COBRG. Foi Chefe de Serviço na Diretoria de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde durante 5 anos. Está atualmente em exercício provisório no CENAP-ICMBio.

Downloads

Publicado

07/05/2021

Edição

Seção

Edição Temática: 7th International Wildland Fire Conference